RESENHA #11: O Navio Das Noivas (Jojo Moyes)

Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito. 
Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas. 
Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi plane
jado.

Romance/Ficção | 384 Páginas | Intrínseca | Skoob | Compre & Compare: SaraivaAmazon
_____________________________________________________________

Ela seria corajosa, manteria os olhos fixos no que a esperava à frente, não no que ficava para trás.


Quem aí se lembra do projeto (re)lendo Jojo Moyes que convidei todos vocês para participarem no começo do ano? Pois bem, o livro mais votado lá no grupo do facebook foi "O Navio Das Noivas" e hoje, depois de ler, venho falar para vocês o que eu achei do livro e como foi minha experiência lendo minha queridíssima autora: Jojo Moyes.

A HISTÓRIA

Aqui somos apresentados a quatro diferentes jovens mulheres que dividem uma pequena cabine em um navio, onde serão levadas diversas outras mulheres para a Inglaterra a fim de se encontrarem com soldados com quem se casaram, já que a segunda guerra mundial finalmente teve seu fim.
Margaret é uma jovem que está grávida e cuja sua maior responsabilidade era cuidar do pai e dos irmãos mais novos. Avice é uma jovem da alta sociedade e escrava da aparência, porém, nem tudo é o que parece. Jean é uma das mais jovens mulheres a embarcar, super de bem com a vida mas um tanto quanto inocente demais. E Frances que é uma jovem enfermeira, discreta e que guarda um grande segredo.
O que será que essas quatro mulheres tem a nos ensinar?
_____________________________________________________________


MINHAS IMPRESSÕES

Como não seria diferente dos outros livros da autora sua narrativa é incrivelmente bem escrita, as personagens são únicas e cativantes. Confesso que não consegui gostar da Avice de início por ela ter uma personalidade artificial e chata, além de ser super apática em muitas situações que ocorrem ao decorrer do livro.
Tenho que admitir que não foi uma leitura fácil de desenrolar, demorei bastante para finalmente ler o livro no ritmo que geralmente leio, mas da metade para o final do livro, foi super rapidinho de ler!
Segredos são revelados durante o degringolar da história e como sempre Jojo nos pega desprevenidos e consegue nos emocionar. O mais bacana da obra é que a autora deixa uma nota logo no começo do livro explicando que de fato, seiscentas mulheres fizeram essa travessia de navio até a Inglaterra e diz que sua fonte de inspiração para escrever o romance foi sua avó que fez a travessia quando jovem.
De fato é um livro que nos toca, mas preciso ressaltar que se você estiver achando o começo do livro meio parado e monótono, por favor, não desista da obra porque vale muito a pena. Sério.
Levou uma classificação de 4.0 estrelas no Skoob e recomendo muito a leitura, principalmente para  os fãs da autora!
Beijos da Cah

Classificação:
_____________________________________________________________

O NAVIO DAS NOIVAS






RESENHA #10: Até Meu Último Segundo (Luana Ferreira)


Quando a jovem Sophia Belmont resolve sair de Miami, sua cidade natal, buscando se libertar das correntes impostas pelo pai controlador, ela não sabia o que ia encontrar. Mas sabia o que queria. 
Sophia se esforçaria para cumprir os planos de vida que tinha desde os 15 anos. Queria se formar, viver o que tivesse que viver.
Mas seus objetivos caem por terra quando conhece Ethan, um rapaz assombrado e misterioso. Ele não deveria tê-la conhecido.
Os dois irão aprender sobre a importância do presente, a incerteza do futuro e as sombras do passado enquanto travam uma batalha contra o único adversário que nunca poderá ser vencido: o tempo.
E, enquanto percorrem áreas perigosas da memória, também descobrem o amor da maneira mais pura e caótica. 
Sophia não esperava ir para onde o amor a levaria. Ethan nem sequer acreditava no amor.
E talvez o destino não seja tão maligno assim…. Talvez seja apenas mais uma parte da vida.

Romance | 304 Páginas | Talentos da Literatura Brasileira | Skoob | Compre & Compare: SaraivaAmazon

_____________________________________________________________

Não consigo acreditar em como as mesmas mãos que me salvaram, me jogaram no mais profundo e amedrontador abismo.

Hoje eu venho conversar com vocês sobre um livro que é tipo: "tiro, porrada e bomba", então se preparem! Estou falando sobre "Até Meu Último Segundo", livro de estréia da autora Luana Ferreira que tem apenas 16 aninhos (tinha que mencionar a idade, por ser tão nova e já lançando seu trabalho ao mundo), mas então bora lá!

A HISTÓRIA

Conhecemos aqui, Sophia Belmont, uma garota de apenas 18 anos que sai de sua cidade natal, em partes para fugir de seu pai super rico e controlador e em partes para cursar a faculdade dos seus sonhos. Sophia sabe exatamente o que quer e é super decidida em todas as escolhas que faz, porém, todos os seus planos mudam quando conhece Ethan Collins, um jovem misterioso e que esconde um passado assombrado por traumas.
Juntos, eles vão lutar contra inimigos inimagináveis sendo um deles, o tempo. Farão descobertas sobre a importância de viver o presente e os dois lados que o amor tem, mas será que irão conseguir superar seus medos e seus traumas?

_____________________________________________________________


MINHAS IMPRESSÕES

Pensa em um livro cheio de tretas e com muitas reviravoltas, pensou? Bom, te apresento então a obra de Luana Ferreira. 
Com personagens cativantes, a narrativa da autora acaba nos prendendo tanto no romance entre os personagens principais, como nos conflitos que cercam a história.
A obra tem um ritmo frenético de acontecimentos que me fazia sempre pensar em meio a leitura: "o que será que vai acontecer no próximo capítulo?" ou "como a autora vai resolver isso?".
Também gostei muito dos assuntos que a autora abordou no livro, sendo alguns deles: 
  • Ansiedade
  • Pressão e violência familiar
  • Vingança

E claro, ao longo do livro acompanhamos o misterioso Ethan e seu passado, o que faz o leitor ficar cada vez mais intrigado com o que de fato o personagem esconde, e faz o leitor se questionar em questões como: "quem é ele?" ou "será que Ethan é mesmo quem diz ser?".

Eu curti muito a leitura e li super rápido, pois a narrativa é bem fluída e fácil de ser lida. Confesso que em algumas partes do livro me vi irritada com alguns dramas da nossa personagem principal, mas nada que tenha me tirado do sério!
Algo bem interessante que notei na obra, é que a cada fim de capítulo temos uma espécie de "diário" onde a Sophia escreve pequenos relatos de como tem se sentido e também temos algumas cartas do Ethan ao longo da história, foi algo que gostei bastante e digamos que deu uma incrementada a mais leitura. No geral, é um livro que eu recomendo para vocês, levou uma classificação de 4.0 estrelas no Skoob.
Vale super a leitura, beijos da Cah
A morte só é um pesadelo para quem fica, para quem vai é uma libertação.
Classificação:
_____________________________________________________________

 ATÉ MEU ÚLTIMO SEGUNDO






RESENHA #09: Eleanor Oliphant Está Muito Bem (Gail Honeyman)



Livro de estreia da escocesa Gail Honeyman, Eleanor Oliphant está muito bem foi revelado através de um concurso literário e, desde então, vem conquistando excelentes críticas e uma bela carreira internacional. Aos 30 anos, Eleanor Oliphant trabalha na área administrativa de uma empresa de design e leva uma vida solitária, mas feliz. Apesar de ser alvo de bullying no ambiente de trabalho por sua aparência e hábitos peculiares, ela não sente falta de nada e parece perfeitamente à vontade com sua falta de habilidades sociais. Mas tudo muda quando ela conhece Raymond, novo funcionário da área de TI da empresa, e os dois, por acaso, salvam a vida de um senhor que desmaia no meio da rua. Com sensibilidade e muito bom humor, a autora conta a história de uma amizade que muda para sempre a vida de três pessoas muito diferentes, que descobrem que a melhor maneira de sobreviver é abrindo o coração.

Romance | 352 Páginas | Fábrica 231 | Skoob | Compre & Compare: SaraivaAmazon

_____________________________________________________________

Boa tarde, seus lindos!
Hoje eu queria falar um pouquinho com vocês sobre o livro "Eleanor Oliphant Está Muito Bem", livro de estréia da autora Gail Honeyman e lançado aqui no Brasil pela editora Rocco, pelo selo "Fábrica 231". Então, vamos começar essa resenha!

A HISTÓRIA


Aqui vamos conhecer a Eleanor, uma mulher com seus 30 anos, que trabalha e é super responsável, porém, vive uma vida metódica e solitária. Sei jeito é autêntico, mas sua falta de tato ao falar com outras pessoas e dizer o que pensa sem pestanejar acaba por afasta-lá da convivência em sociedade e para Eleanor está tudo bem, já que ela gosta da vida que leva e não se sente mal por estar sozinha.
Ela segue com sua vida rotineira até que conhece Raymond, um novo funcionário de TI da empresa em que trabalha a anos. Depois de juntos salvarem a vida de Samy, um idoso que acaba desmaiando no meio da rua, os três acabam desenvolvendo uma amizade que é capaz de salvar cada um deles do isolamento.
Raymond também é responsável por ajudar Eleanor a revisitar alguns traumas de seu passado que a cercam até os dias de hoje, fazendo com que a garota se salve de si mesma e a ajudando a encontrar um caminho para curar suas dores reprimidas.
Há cicatrizes em meu coração, tão grossas e desfigurantes quanto as de meu rosto. Sei que estão ali. Espero que reste algum tecido ileso, uma área através da qual o amor possa entrar e fluir para fora. Espero.
 _____________________________________________________________

MINHAS IMPRESSÕES


Eu gostei muito de ler a obra e por ser o livro de estréia da autora fiquei muito surpresa com o que encontrei. A narrativa é super fluída e fácil de ser lida, apesar do livro tratar de assuntos muito delicados e pesados, a autora soube usar o humor que a personagem tem a seu favor, fazendo com que a leitura não se tornasse pesada e cansativa para os leitores! Acredito que é um livro necessário e bonito, muito bem escrito e com personagens cativantes, ao final nos dá um gostinho de "quero mais".
Na reta final do livro, achei que a autora poderia ter abordado alguns assuntos com mais calma, pois me deu a impressão de que ela estava correndo para finalizar a obra. Porém, a trama é envolvente e não nos decepciona, é um livro super recomendado!
Hoje em dia, a solidão é o novo câncer - uma coisa vergonhosa e embaraçosa, que se abate sobre você de um jeito obscuro. Uma coisa temível e incurável, tão horrenda que você não ouça mencionar; as outras pessoas não querem ouvir a palavra dita em voz alta por medo de também serem atingidas, ou que ela possa tentar o destino a impor um horror parecido sobre elas.
Beijos da Cah  

Classificação:
_____________________________________________________________

ELEANOR OLIPHANT ESTÁ MUITO BEM





RESENHA DUPLA #08: Eu Acredito no Amor & Metáforas (Aldirene Máximo)

E ai galera, tudo tranquilo com vocês?
Hoje eu quero compartilhar com vocês dois livros de poesias que li recentemente e me deixou totalmente encantada!

_____________________________________________________________

O primeiro se chama "Eu Acredito no Amor", da autora Aldirene Máximo. É um livro de poesias super emocionante e que realmente consegue tocar a nossa alma de uma forma singela. Também é um livro curto, com apenas 60 páginas, nele a autora coloca seus mais profundos sentimentos e nos comove com vários das poesias contidas na obra. Uma das poesias que mais mexeram comigo foi essa logo abaixo, intitulada como "Carinho":
Carinho resume-se em compreensãoUni-se a sabedoriaCicatriza qualquer coração. 
 E o outro se chama "Metáforas" e é a obra mais recente lançada da autora. O livro também é repleto de poesias reflexivas e que nos faz parar para pensar sobre vários assuntos que a autora aborda, aqui a autora mostra como devemos ser gratos pelas pequenas coisas e também acaba mostrando que está tudo bem ter nossos momentos de fraquezas. O livro tem 108 páginas e é escrito de forma singela e sútil, fazendo com que nos emocionemos em vários trechos da obra. Uma das poesias que mais me marcou foi essa logo abaixo, intitulada de "Enigma":

Raízes tão amargasProduziram frutos tão doces.

Outra que me fez refletir muito sobre o assunto foi essa logo abaixo, intitulada de "Ansiedade":

Pra quê sofrer?O sol brilha para todosÉ só observar!O azul do mar,Acalma a alma!Não corra tanto,Você pode se machucar!Um conselho de amiga:(Voz da sabedoria)Respire fundo e continue a nadar!

São livros extremamente sensíveis e escritos para emocionar os leitores. Super recomendados as duas obras!
Beijos da Cah 
_____________________________________________________________

Eu Acredito no Amor & Metáforas






RESENHA #07: Criaturas & Criadores (Raphael Draccon, Carolina Munhóz, Frini Georgakopoulos, Raphael Montes)


Clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros, para noites de sustos, terror e gritos
Quatro dos mais populares autores contemporâneas brasileiros, Raphael Draccon, Carolina Munhoz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes se uniram para reinventar os contos de terror clássicos. Frankenstein vive, e está numa favela do Rio. Rumores indicam que Drácula pode ser o dono de uma nova e badalada boate. Numa faculdade de artes, há uma lenda que diz que um fantasma ajuda belas jovens a cantar num teatro abandonado. Um mistério ronda a vida de um dentista e pai de família que está prestes a descobrir seu lado mais monstruoso. Quatro clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros para noites de sustos, terror e gritos.

Juvenil | 248 Páginas | Grupo Editorial Record | Skoob | Compre & Compare: SaraivaAmazon




_____________________________________________________________

Eai galera, como vocês estão? Tudo belezinha?
Hoje é dia de resenha e dessa vez trago a resenha de um livro que foi escrito para noites de sustos, gritos e claro, muito terror. "Criaturas & Criadores" é uma obra escrita por quatro autores, onde cada um aborda um tema diferente dentro do gênero de terror.

A HISTÓRIA


Raphael Draccon nos leva para uma das favelas do Rio de Janeiro, onde uma lenda de que um imenso monstro vive a assombrar não só alguns moradores como matou muitos policiais em uma invasão que faziam ao local. Com uma narrativa fluente, Raphael nos envolve no enredo da história com muita facilidade e finaliza o conto com maestria nos deixando de queixo caído!
Carolina Munhóz já nos leva para um local bem mais badalado. Conhecemos Elis, que é uma cronista no jornal da cidade com uma vida tranquila junto de seu namorado. Até que uma nova balada gótica é inaugurada e local de trabalho de seu namorado, logo a garota vai na inauguração e conhece "Vlad", um homem misterioso, porém, por quem ela sente uma enorme atração. 
A autora nos puxa para dentro do universo em que a trama se passa nos fazendo amar e ao mesmo tempo odiar os personagens, ela soube contar de forma delicada um assunto bem macabro (digamos assim). Carol também nos pega de jeito quando desengata o romance e nos faz ficar dividida entre torcer ou não pelo casal. Incrivelmente bem escrito!

"— Tem vezes que as aparências enganam. — Retrucou V, ainda com voz serena. — Muitas coisas são lindas na aparência e horrorosas na essência. Nós nunca sabemos a principio onde está o amor e onde está o terror."
_____________________________________________________________



Frini nos leva para uma universidade de artes onde conhecemos "Christine", uma garota que acabou de perder o pai e está consumida pela tristeza. A garota então leva um ultimato de que se não se esforçar terá sua bolsa de estudos cedido para outro aluno, a amiga da garota a leva até um teatro desativado onde jaz a lenda de que se você cantar para o fantasma que lá habita, ele pode então ajuda-lá. 
Eu nunca tinha lido e nem ouvido falar sobre essa autora e preciso dizer quão boa foi a minha surpresa ao ler seu conto. Sua narrativa é fluída e apesar da história ser um tanto complexa ela não nos cansa, muito pelo contrário. Só nos deixa mais curiosos para saber de fato como a autora irá encerrar o enredo sem deixar algumas pontas soltas. De longe foi um dos contos que eu mais gostei de ler dos quatro, imensamente criativo e muito bem construído e desenvolvido.
"Quando perdemos alguém próximo, alguém com quem dividimos uma vida inteira, não são os grandes momentos que nos fazem sentir falta. É o cheiro de café pela manhã que anunciava que meu pai havia acordado; o som de seu violino, que eu podia ouvir quando virava a esquina da rua; o beijo na testa toda noite."
"— Nem sempre boas histórias têm finais felizes, mas não quer dizer que não tenham válido a pena. — Respondeu Raul e sorriu."
 Agora falando sobre o queridissímo Raphael Montes, aqui ele nos traz a história de um dentista chamado Pablo e pai de família. O homem tem alguns lapsos de memórias e quando menos se espera ele se vê diante de uma situação horrível da qual jamais se imaginou ser capaz de cometer.
Foi um dos contos mais ardilosos e difícil de ser lido, Raphael não nos decepciona e nos conta a história com maestria, sua narrativa é rápida e direta, sem dar muitas voltas. O final é realmente de deixar qualquer um cheio de arrepios e pensando: 'será que eu realmente conheço as pessoas que me cercam todos os dias?'.
O liro é realmente muito bom e cumpre  o que promete, levou uma classificação de 4.0 estrelas e super recomendo!
Beijos da Cah

Classificação:
_____________________________________________________________

CRIATURAS & CRIADORES 










RESENHA #06: Noiva Até Sexta (Catherine Bybee)


O terceiro livro da série Noivas da semana. Gwen Harrison: a bela filha de um duque inglês se mudou para os Estados Unidos para cuidar da agência de casamentos de sua cunhada. Só porque ela agora é a chefe da agência, não significa que não possa fantasiar um encontro perfeito com o enigmático Neil MacBain, o guarda-costas que vem tornando seus sonhos um tanto quanto agitados. Mas negócios são negócios, e é melhor Gwen não se deixar envolver. Neil MacBain: o ex-fuzileiro naval não pode negar o efeito da aristocrata Gwen em sua alma atormentada e seu corpo esculpido pela rotina militar. Mas ela é cliente dele, e manter distância é fundamental — até uma ameaça do passado de Neil retornar e Gwen se ver no meio do fogo cruzado. Agora depende de Neil decidir o que é mais importante salvar: sua carreira, sua vida... ou a mulher que conquistou seu coração.

Romance | 280 Páginas | Grupo Editorial Record | Skoob | Compre & Compare: SaraivaAmazon




_____________________________________________________________

Boa tarde, tudo belezinha com vocês?
A resenha de hoje é sobre o terceiro volume da série "Noivas da Semana", lançados aqui no Brasil pelo Grupo Editorial Record. Estou falando do livro "Noiva Até Sexta", escrito pela autora Catherine Bybee.

A HISTÓRIA


Aqui nós vamos conhecer a história da Gwen, a Gwen é irmã do nosso duque "Blake" lá do primeiro volume da série. A moça se mudou da Inglaterra para os Estados Unidos a fim de cuidar da agência de casamentos arranjados de sua cunhada, Samantha.
Mas agora ela é a chefe da agência e tem responsabilidades para cumprir, porém, isso não a impede de fantasiar muitas coisas em relação a Neil MacBain, o guarda costas de seu irmão mas que também vem vigiando o local onde ela mora e sendo cuidada - por assim dizer.
Neil é ex fuzileiro naval e tem muitas obrigações para tratar, só que todas as suas responsabilidades não o impede de sonhar com a aristocrata e agora chefe da agência Alliance, Gwen. Mas sabendo que ele é apenas um funcionário, talvez seja melhor não confundir as coisas e manter total distância da moça. Mas agora uma ameaça de seu passado retorna e Gwen se vê no meio do fogo cruzado, correndo sérios riscos de vida.
Agora Neil fará de tudo para salvar a vida da mulher que o conquistou, mas será que ele conseguirá salvar a si mesmo da ameaça, e principalmente, salvar a mulher que mexe tanto com seu coração quanto com seus instintos masculinos?

_____________________________________________________________

MINHAS IMPRESSÕES 


O livro tem um quê de mistério, humor e romance na medida certa. A escrita da autora é super fluída e apesar do livro ter quase 300 páginas a história nos envolve de tal maneira que se duvidar lemos o livro numa tacada só.
Os protagonistas principais são bem construídos e bem cativantes, a autora consegue focar tanto no momento presente quanto em alguns momentos passados, nos fazendo entender o porque da ameaça que cerca os personagens.
Apesar do livro ser um romance ele tem uma pitada de hot também, o que acabou não me incomodando no fim das contas, pois a autora soube introduzir essas partes de maneira sutil. Confesso que continuo preferindo o segundo volume da série até o momento, mas esse terceiro volume não nos deixa a desejar em nenhum momento.
Levou uma classificação de 4.0 estrelas no Skoob e é uma leitura que eu recomendo, principalmente para os fãs de romance que curtem um romance com uma pitada hot, mas ainda assim preferem o romance acima de tudo!
Beijos da Cah

Classificação:
_____________________________________________________________

NOIVA ATÉ SEXTA