RESENHA: Os Crimes da Rua Morgue e Outras Histórias Extraordinárias (Edgar Allan Poe)


Com “Os crimes da rua Morgue”, Edgar Allan Poe inaugurou, em 1841, a moderna literatura policial e criou um de seus mais célebres detetives, o até hoje reverenciado Auguste Dupin. O conto, que narra a memorável investigação do assassinato de duas mulheres em um quarto fechado, é o carro-chefe desta reunião de histórias de terror e mistério traduzida por ninguém menos que Clarice Lispector. Grande leitora e fã da literatura policial, a escritora, que também verteu para o português os livros de Agatha Christie sob o pseudônimo de Mary Westmacott, empresta seu talento invulgar ao gênio de Poe, trazendo para o leitor brasileiro histórias como “A máscara da morte rubra”, “O gato preto”, “Ligeia” e outras. Lançamento do selo Fantástica Rocco, esta edição de Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias recupera este encontro, literalmente, fantástico.

Ficção | 224 Páginas | Editora RoccoSkoob | Compare & Compre: SaraivaAmazon



____________________________________________________________________

Boa tarde pessoal, tudo belezinha com vocês?
Olha só quem apareceu com resenha nova aqui pro blog? Euzinha mesma, Carol melo (HUEH). Brincadeiras a parte, essa resenha devia ter saído a um tempão já mas eu estava enrolando para liberar ela pra vocês (podem me julgar nos comentários, eu mereço). Se tem um autor que eu sempre tive medo de ler era "Edgar Allan Poe" por inúmeros motivos, mas quando a editora Rocco divulgou o lançamentos do livro "Os Crimes da Rua Morgue", eu não pensei duas vezes e solicitei e cá estou eu trazendo a resenha deste livro pro cês! Ok, vou parar de enrolar e bora começar essa resenha!


O livro é uma coletânea de pequenos contos do grande escritor de horror de todos os tempos, contando com 18 contos uns mais medonhos que outros. O livro foi traduzido e adaptado por ninguém menos que "Clarice Lispector", então se segura para não tombar enquanto lê, ok?
A escrita do Edgar foi algo bem diferente para mim, como nunca tinha lido nada do autor tive um certo receio no começo do livro por medo de não conseguir me adaptar ao jeito que ele descreve tudo que acontece no decorrer do livro, porém, superei e segui em frente. Confesso que achei a escrita dele um tanto quanto rebuscada, mas nada que chegou a me irritar de tal forma a me fazer querer parar de ler, até porque os contos são muito bons e medonhos, mas ótimos.
Poe escreve os contos como se estivesse compartilhando com os leitores histórias que realmente aconteceram com ele, o que nos faz pensar, será que realmente não aconteceram? (~fica no ar~). Alguns contos realmente me deixaram com medo, mas no geral, não é um livro escrito com a intenção de assustar os leitores.
É um ótimo livro para quem quer começar a se aventurar nos livros do autor ou quem quer ler alguns contos com uma pitada de susto, recomendado.
Beijos da Cah

Classificação:
_______________________________________________________________________

OS CRIMES DA RUA MORGUE E OUTRAS HISTÓRIAS EXTRAORDINÁRIAS








Consequências


Pensar que muito das coisas que eu escrevo é sobre você, desculpa mas não consigo ser do tipo de pessoa que consegue seguir em frente com tanta facilidade e invejo você por ser assim.
Já fazem dois meses, vi que você já está em um relacionamento sério com um novo alguém mas quem diria que logo você seria a pessoa que colocaria um ponto final em tudo o que existe entre nós dois. Imagina a minha surpresa quando aquelas palavras saíram da sua boca: "Acho que preciso de um tempo sozinho, é melhor a gente terminar", mas eu me surpreendi ainda mais com a falta do meu choro doído, logo eu que sempre fui tão sensível e chorona, só que naquele momento eu não poderia chorar na sua frente então eu guardei toda aquela dor pra mim. Ainda tenho me surpreendido comigo mesma mas fico ainda mais surpresa com a sua indiferença, mesmo sabendo que seria assim.
Eu sempre fui aquela pessoa que sofre um pouco mais do que as outras mas ultimamente tenho me sentido apática em relação a tudo o que acontece ao meu redor. Você nunca foi tudo, era apenas a ponta do imenso iceberg e você sabe, sempre teve muito mais coisas por trás daquela ponta... É sempre assim, alguém precisa machucar enquanto o outro é ferido. Tudo tem um fim, o que me fez pensar que seria diferente com a gente?
Eu não quero que sinta qualquer tipo de sentimento por eu estar assim. Estar com você era tão fácil, sempre foi um lugar seguro para que eu pudesse colocar todas as minhas inseguranças e medos para fora, te amar era tão fácil, sempre foi um lugar seguro para botar abaixo todos os muros que eu me esforcei tanto para construir. Agora te amar é idiota, é estar na escuridão sem conseguir ver uma saída, agora te amar tem consequências.

Nada é Eterno


Hoje percebo o quanto gostaria de ter agido de uma outra maneira, gostaria de ter feito coisas diferentes, adoraria ter ido aos churrascos entre amigos que perdi, amaria ter ido  naquela festa de aniversário onde estariam todos os meus familiares, mas me desfiz. Eu gostaria muito de ter convidado meus pais para almoçar fora, gostaria de tê-los feito rir mais, gostaria de ter dado a atenção que eles mereciam, a atenção que eles me deram quando eu era um bebê, quando eu tinha pesadelos a noite, quando não me sentia bem e eles me levavam ao médico muito preocupados com o que poderia ser, quando eu não aguentava a pressão e chorava toda a tarde, gostaria de ter dado toda aquela atenção que recebi e não dei. — O nosso problema é um só, estamos ocupados demais pensando no nosso futuro que acabamos esquecendo que nossos pais, apesar do amor perpétuo, não são eternos.

RESENHA: Um Encontro de Sombras (V. E. Schwab)

Boa tarde, leitores!
Tudo belezinha com vocês? Espero que sim.
Hoje trago a resenha do livro "Um Encontro de Sombras, da V. E. Schwab, que é o segundo livro da trilogia escrita pela autora. Vamos lá?!
__________________________________________________________________________
A HISTÓRIA


A história se passa depois de quatro meses dos acontecimentos do primeiro volume. Podemos dizer que tudo QUASE voltou a ser como era antes, porém, o príncipe Rhy está cada vez mais sóbrio e Kell está a cada dia mais assolado pela culpa de tudo o que aconteceu a quatro meses atrás. Kell então desistiu de seus contrabandos, mas quando está acordado vive inquieto e quado dorme tem pesadelos sobre acontecimentos mágicos de mau agouro, e claro, sempre pensa muito em Lila. Já a garota que não viu mais Kell, desapareceu como sempre planejou fazer - mas claro que ficar longe de Kell não fez com que ela pensasse menos nele.
Enquanto Kell e Lila vivem suas vidas depois de muitas aventuras um tanto quanto perigosas, a Londres vermelha se prepara para dar inicio aos "Jogos Elementares", uma competição de magia para manter saudáveis os laços entre os países vizinhos. Um navio pirata se aproxima trazendo velhos amigos a tona, mas o que ninguém imagina é: uma outra Londres está ressurgindo.
_________________________________________________________________________
MINHAS IMPRESSÕES SOBRE O LIVRO


Como sempre V. E. Schwab sempre nos surpreende, mais uma vez, a história é uma fantástica aventura, a autora sabe como criar personagens cativantes. Conseguimos perceber que Kell está sedo vigiado de perto por guardas a mando do rei por conta de seus antigos atos de contrabandos, mas também por conta de Kell estar ligado a vida de Rhy, ou seja, tudo que um sente o outro é obrigado a também sentir.
Ao longo da história fiquei com a impressão de que a autora iria introduzir um triângulo amoroso (o que me deixou um pouco decepcionada na hora, pois não acho que a história precise de tal acontecimento), mas graças a Deus isso não aconteceu e foi só uma leve impressão mesmo!
Adorei os "Jogos Elementares" e como a autora conseguiu descrever as batalhas sem muitos detalhes para que a narrativa não ficasse cansativa demais. Kell e Lila arrumaram um jeito de disputar na competição sem que ninguém saiba, será que eles irão se sair bem e será que vão sair de tudo isso sem enfrentar as consequências caso alguém descubra?
Confesso que demorei para ler o livro - afinal, não é um livro fino, né! - mas não porque o livro é ruim e sim porque eu estava com muitas outras coisas na cabeça.
A narrativa é muito boa de ser lida, mesmo que eu tenha sentido que em alguns momentos ela se arrastou um pouco para mim, a escrita da autora é muito fluída, a história é muito boa e super intrigante. No geral, é um ótimo livro e uma ótima continuação de série!
Levou uma classificação de 4 estrelas no skoob e leitura recomendada, sim.
Beijos da Cah

CLASSIFICAÇÃO:
________________________________________________________________________
UM ENCONTRO DE SOMBRAS 





O Que Restou



O que restou de nós? Apenas as lembranças, apenas os memórias.
Todos temos problemas e nem sempre vamos estar bem, as vezes iremos querer ficar sozinhos no nosso canto, sem ter que explicar o porque da sensação de vazio para as pessoas que nos cercam, mas não significa que precisamos nos afastar de todos, ou nos excluir das pessoas que amamos (ou que dizemos amar).
O que restou dos planos que fizemos juntos? Apenas o vazio de saber que todos eles serão para apenas uma das partes, como quando um amigo te dá as costas e você sabe que terá que seguir em frente sem ele, apenas você e sua consciência.
As vezes eu odeio a minha mente que cria problemas demais, as vezes até mesmo inexistentes, coisas bobas e sem necessidades. Mas o que você faz quando se sente em pânico? Tentamos fugir? Nos concentrar em outra coisa? Mas e quando não conseguimos mais nos concentrar nas coisas que gostávamos de fazer? E quando não conseguimos fugir dos problemas porque ele está em todos os lugares que você vai? Na verdade o problema está em sua mente, um lugar perigoso de se estar sozinho agora.
Sei que temos que arrumar um motivo para seguir em frente, a vida não é fácil para ninguém e temos que ser luz no meio da escuridão de alguém, mas e quando esse alguém decide que está na hora de partir? O que fazer? Como reagir a partida de quem amamos? Bom, eu ainda não sei qual seria a resposta certa para todas essas perguntas, mas se você souber, por favor, sente-se e me conte.

RESENHA: Amizade é Também Amor (Carpinejar)

Olá pessoinhas, tudo belezinha com vocês? Comigo tudo e espero que com vocês também!
Hoje venho trazer a resenha de um livro de contos e crônicas (e vocês sabem como eu amo livros sobre crônicas e contos né?!).
Estou falando do livro "Amizade é Também Amor", do Carpinejar - que diga-se de passagem é um super cronista.
__________________________________________________________________________

A HISTÓRIA


Carpinejar é um dos cronistas mais bem sucedidos no ramo da literatura, conta com mais de dez livros publicados, todos muito bem vendidos e vencedor de vários prêmios.
O livro foi lançado pelo selo do Grupo Editorial Record - Bertrand Brasil. As crônicas são curtas e emocionantes, sobre nosso cotidiano e outras tal como algumas mais profundas e reflexivas. É um livro para todo fã de crônicas!
___________________________________________________________________________

MINHAS IMPRESSÕES SOBRE O LIVRO
  

Confesso que demorei mais do que o esperado por conta de quase na metade da leitura não ter me empolgado tanto com o livro, mas ainda assim não acho que isso deve ser levado em conta. Carpinejar sabe quando e como ser profundo em certos assuntos e engraçado em outros assuntos, o que é uma super qualidade.
Apesar do nome do livro ser relacionado apenas ao amor de amizade, o título engana um pouco, pois a obra não fala apenas sobre amizades, claro que esse é um assunto recorrente no livro e abordado de uma ótima forma pelo autor, mas Carpinejar também escreve sobre nosso dia a dia, sobre o amor em geral - tal como de amigo, como de homem e mulher, ou sobre filhos e família.
Eu sou uma grande fã de livros de crônicas e contos, sou uma aspirante a cronista e adoro ler crônicas em sites de entretenimento ou de escrita em geral, eu me senti muito conectada com o autor em certos contos, um mais do que outros, mas sem dúvida, Carpinejar é um talento nato e uma grande inspiração para todo escritor ou aspirante a escritor. 
Levou uma classificação de três estrelas no skoob e uma super recomendação.
Beijos da Cah

Classificação:

____________________________________________________________________________

AMIZADE É TAMBÉM AMOR 




PROJETO: Re(lendo) Jojo Moyes | por Carol Sant

Feliz ano novo, leitores!
Que 2018 nos surpreenda e nos traga ótimas leituras, muita paz e amor. E para começar o ano com o pé direito cá estou eu pensando em um novo projeto de leitura para o ano, dessa vez sobre os livros da minha autora queridinha - Jojo Moyes. O que vocês acham? Topariam embarcar comigo nesse projeto ao longo do ano?


O projeto se iniciaria no dia 15 de Janeiro e faríamos uma votação para escolher qual seria nossa primeira leitura. Iriamos ter basicamente o mês inteiro para ler o tal livro escolhido, o que dependendo do livro escolhido daria mais ou menos 15 páginas por dia!
Claro que teríamos sorteios, enquetes e brincadeiras rolando em um grupo no whatsapp que seria exclusivos para o projeto - terá muito sprint de leitura conjunta, comentários sobre o que estamos achando e no final de cada mês sairia no canal um vídeo sobre o livro que lemos no mês.
Estou aberta para sugestões e ideias que possam tornar o nosso projeto ainda mais legal e comunicativo, então não se acanhe, deixe nos comentários suas ideias e me ajudem a fazer com que o projeto realmente aconteça!
Quem ai topa?

LINK PARA GRUPO NO FACEBOOK: CLIQUE AQUI