segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

FAVORITOS DO MÊS: Janeiro | por Carol Sant

|
Boa tarde, leitores!
Tudo belezinha com vocês? Sim? Então vamos começar esse post <3
Não costumo fazer esse tipo de postagem, mas hoje estou com vontade, então vou fazer (aquelas né, que só faz as coisas quando quer haha), vim mostrar para você os meus favoritos de Janeiro, que foi muita coisa então não vamos enrolar u.u


Começando com livros que li em Janeiro, óbvio né?!

Meu livro favoritos de Janeiro, foi com certeza absoluta "Dartana", do autor nacional André Vianco. O livro foi publicado pelo selo 'FÁBRICA 231', da editora Rocco e vem sendo bem comentado até o momento. O livro é incrível, o mundo que o autor criou neste livro é realmente muito, mas muito diferente de tudo que você já conheceu, sem dúvida alguma! Eu fiz uma vídeo resenha dele lá no canal, então se você quiser dar uma olhada e saber sobre o que o livro se trata com mais detalhes, é só clicar AQUI!
SINOPSE: "Dartana apresenta um mundo retalhado entre vida e morte, fé e descrença, mitologias e mentiras. No romance, o primeiro de uma trilogia, Dartana é um planeta castigado por uma maldição da qual somente as feiticeiras escapam. Quando um novo deus da guerra surge, muitos habitantes daquele mundo sombrio marcham com ele rumo ao Combatheon, uma plataforma de guerra que representa sua única chance de se libertar da terrível maldição. Esbanjando criatividade e domínio narrativo, André Vianco constrói uma obra surpreendente em que deuses guerreiros, feiticeiras, soldados e construtores se unem para forjar um novo mundo."
Ponto forte: fantasia nacional contemporânea escrita por um dos maiores representantes do gênero.

Prateleira: fãs de Raphael Draccon e Eduardo Spohr.

Sobre filmes, infelizmente não tem como eu escolher só um como favoritos, por que em Janeiro eu assisti muita coisa mesmo, e confesso, eu não sou muito de filme, mas mês passado estava no pique HUEHUE', então vou lista os meus favoritos, todos eles levaram 5 estrelas e um favoritado no meu coraçãozinho u.u


O primeiro dessa listinha é com toda certeza "Bang Bang, Você Morreu", dirigido pelo Guy Ferland. Na verdade eu revi esse filme maravilhoso, a primeira vez que assisti foi na escola e até hoje eu sou grata ao professor que me apresentou essa obra. O filme é simplesmente impressionante e chocante ao mesmo tempo, mas de uma forma balanceada. Um filme sobre bullying, massacre escolar, perdão e esperança e eu AMO FORTE! Alias, no youtube tem o filme completo, tanto dublado como legendado, com uma boa qualidade de imagem e áudio, confira AQUI!
SINOPSE: "A trama conta a história de um excelente aluno que após ser perseguido pelos colegas do time de futebol da escola, ameaça soltar uma bomba e explodir o prédio. Mesmo sendo a bomba de mentira, passou a ser mal compreendido pelos alunos e pelos professores. Porém, recebe um convite do professor de teatro para o papel principal da peça “Bang, bang, você morreu” e passa a vivenciar a mesma situação e a motivação por vingança. O filme leva à reflexão sobre preconceito e violência na escola, bem como a maneira como certos acontecimentos podem influenciar a vida das pessoas. Como o respeito aos colegas e às diferenças são importantes na vida dos jovens e podem trazer sérias consequências."

Outro filme incrível que assisti foi "3096 Dias", que é baseado em fatos reais e extremamente agoniante, pois fala sobre uma menina de 10 anos que foi mantida em cativeiro por mais ou menos 10 ou 12 anos. Apesar de ser um tanto quanto agoniante, a história também muito inspiradora. Recomendo muito que todos assistam ao filme, por que com certeza será uma lição de vida aprendida! 
SINOPSE: "O filme é baseado na história real de Natascha Kampusch, que foi raptada e mantida em cativeiro entre os anos de 1998 e 2006. Capturada em uma rua de Viena aos dez anos, o longa narra sua vida ainda em liberdade, passando pelo período de isolamento completo do mundo exterior, onde sofreu abusos físicos e psicológicos, até o momento de sua fuga e readaptação a vida em sociedade."

Mais um filme inspirado em fatos reais, é o filme "Zero Day" baseado no massacre da escola Columbine, onde dois jovens - Eric e Dylan - planejam o massacre que irão fazer em sua escola, onde eles documentam tudo o que fizeram antes do trágico dia em fitas cacetes. O filme é tão deprimente quanto o que realmente aconteceu, é algo que me deixa extremamente triste, mas infelizmente, é algo real na sociedade dos EUA. Vale a pena assistir!
SINOPSE: "O filme é um documentário falso sobre dois amigos, Calvin Gabriel e Andre Kriegman que, prestes a se formar, decidem entrar em sua escola e atirar nos alunos. Falando diretamente para as câmeras amadoras, eles explicam detalhadamente seu plano e acompanhamos seus passos, até o final."
No mês de Janeiro também assisti a dois documentários sobre assuntos seríssimos, bullying e massacre escolar, ambos são muito agoniantes e triste, então ressalto que deve ter estômago para assisti-los.

Um documentário incrível que assisti, foi "Bullying", ele está disponível na Netflix e se não me engano, no youtube também tem ele completinho em boa qualidade de imagem e áudio, basta clicar AQUI para assistir ao documentário no youtube. Neste documentário nós conhecemos algumas crianças/adolescentes que sofrem bullying na escola. E no caso de um menino inclusive são explicitas as cenas de bullying dentro do ônibus escolar, vale a pena mesmo assistir e se manter por dentro do assunto.
SINOPSE: "Em 2011, cerca de 13 milhões de crianças americanas sofreram algum tipo de bullying, seja na escola, no ônibus, em casa, no bairro em que mora ou através de celulares ou da internet. Este documentário busca analisar esta situação, levando em conta tanto as vítimas quanto quem pratica bullying, além do porquê de tamanho silêncio em torno do assunto, tendo como parâmetro da realidade nos Estados Unidos."


Mais um documentário que tem como tema o bullying, só que dessa vezes muito mais pesado, é "Tiros em Columbine" que também vai contar a história de Eric e Dylan, dois amigos que abriram fogo contra seus colegas e professores. É algo completamente difícil de assistir, já que eles mataram 13 pessoas, deixaram tantas outras feridas e se suicidaram logo em seguida. 
SINOPSE: "Documentário que investiga a fascinação dos americanos pelas armas de fogo. Michael Moore, diretor e narrador do filme, questiona a origem dessa cultura bélica e busca respostas visitando pequenas cidades dos Estados Unidos, onde a maior parte dos moradores guarda uma arma em casa. Entre essas cidades está Littleton, no Colorado, onde fica o colégio Columbine. Lá os adolescentes Dylan Klebold e Eric Harris pegaram as armas dos pais e mataram 14 estudantes e um professor no refeitório. Michael Moore também faz uma visita ao ator Charlton Heston, presidente da Associação Americana do Rifle."
Agora vamos falar sobre séries de TV, eu assisti 3 séries mas só finalizei uma e é desta que eu quero falar aqui.

Sim, estou falando de Pretty Little Liars mas especificamente da 6º temporada, que foi disponibilizada na netflix, eu surtei demais enquanto assistia a série, minha amiga Eloh que sabe né UHAUSH
Esse temporada foi de tombar, foi um super lacre, teve várias revelações, inclusive sobre quem é realmente A, uma das temporadas mais BANG BANG da série!
P.S: SE VOCÊ AINDA NÃO ASSISTIU A 5º E 6º TEMPORADA, TE ACONSELHO A NÃO LER A SINOPSE ABAIXO.
SINOPSE: "Continua imediatamente após o final da quinta temporada, com Aria, Emily, Hanna, Spencer e Mona presas do lado de fora da "casa de bonecas" – onde seu atormentador, Charles, tem mantido elas – sem ter para onde correr. Irritado com a tentativa de fuga, os jogos de Charles tomam um rumo mais louco e mais sombrio. Como as meninas lutam para sobreviver, Ezra, Caleb e Toby continuam a luta para encontrar as meninas com ou sem a ajuda da polícia de Rosewood. A história de Charles começa a se encaixar, e as mentirosas, eventualmente, resolvem o enigma e desmascaram Charles, finalmente, colocando um fim ao jogo de "A", e todas as perguntas – Quem matou a mãe de Toby? Quem acertou Alison na cabeça com a pedra na noite em que desapareceu? Quem é Casaco Vermelho? Quem matou Bethany? Quem é a Viúva Negra? Por que "A" vem atormentando as meninas todo esse tempo? – são respondidas. Mas isso não é o fim do mistério! A segunda metade da temporada salta cinco anos adiante com novos segredos, novas mentiras e um visual totalmente novo.
Cada um das meninas têm prosseguido com seus próprios caminhos e começaram a se ajustar a uma vida sem "A", quando algo acontece em Rosewood que as obriga a voltar para onde tudo começou. Divididas entre seus velhos hábitos e as suas novas vidas, os eventos em Rosewood obrigam as mentirosas à unir forças, mais uma vez, como as relações são postas à prova e segredos são revelados. Tendo amadurecido ao longo dos últimos anos, estas não são as mesmas meninas que saíram de Rosewood. À medida que novas mentiras surgem - como elas vão seguir em frente sem voltar atrás?"
E para finalizar, vamos as minhas músicas favoritas do mês de Janeiro, todas as músicas que eu citar aqui significa que foram as que eu mais ouvir, tipo. repetidamente.

Uma das músicas que mais ouvi em Janeiro foi "Poeira Estelar" da banda Fresno, do novo CD lançado a pouco tempo (o novo CD da banda se chama "A Sinfonia de Tudo o Que Há"). É uma música que me emociona, afinal, ela fala de superar as coisas ruins e seguir em frente, como sempre o Lucas me emociona com mais uma de suas muitas composições! 
Para conhecer a música "Poeira Estelar", da banda Fresno basta clicar AQUI, se prepare para se comover com essa letra maravilhosa <3   

Outra música da banda Fresno foi "Sono Profundo" do CD "Ciano", já lançado a um bom tempinho em 2006. 
Mesmo a música já sendo um pouquinho antiga, eu voltei a escuta-lá freneticamente, principalmente, nos dias de bad (quem nunca né?!), o Lucas diz ter feito a letra para sua primeira namorada em seu livro "Eu Não Sei Lidar", lá ele explica sobre a letra e tudo mais, é bem interessante de saber, principalmente, para os fãs da banda.
Para conhecer a música "Sono Profundo", da banda Fresno basta clicar AQUI...


Uma das músicas que mais ficou em moda "repet" foi "Não Sei Lidar", da banda nacional Zimbra <3
A banda foi uma grande descoberta também no mês de Janeiro, principalmente, o album "Azul", que foi um dos que mais me tocaram, com letras que conseguem me identificar com clareza. É incrível como nossas bandas nacionais são boas e como muitas vezes não nos damos conta disso.
Para conhecer a música "Não Sei Lidar", da banda Zimbra, basta clicar AQUI e óbvio, se apaixonar por essa banda maravilhosa!


A música que me fez conhecer a banda já citada acima, "Zimbra" foi a música "Já Sei", que encontrei por acaso navegando pelo spotify. Mais uma das músicas da banda que fala por mim, a letra é um tanto quanto bonita e triste ao mesmo tempo, de uma forma balanceada.
Outra música da banda que vale a pena conhecer, para escuta-la basta apenas clicar AQUI, e ei preste atenção na letra, que é um dos pontos altos da banda!



E por fim, mas não menos ouvida foi a música "Bredroom Window", da banda americana "The Pretty Reckless", que tem como vocal nada mais nada menos do que Taylor Momsen. Eu admiro muito a banda por acompanhar desde o comecinho, também é uma das únicas bandas que consegue falar por mim sem fazer muito esforço. Quem não conhece, mds, que mundo você está vivendo?
Para conhecer a música "Bedroom Window", da banda The Pretty Reckless, basta clicar AQUI e conheça essa banda mega moderna de rock 'n' rool!
Enfim pessoal, esse foram os meus favoritos do mês de Janeiro, e ai, quais foram os favoritos de vocês do mês passado? Já assistiram esses filmes e documentários? Ou já ouviram essas músicas? Já viram a 6º temporada de PLL? Deixam nos comentários o que acharam dos meus favoritos.
Beijos da Cah 

12 comentários:

  1. Adorei a ideia de compartilhar suas coisas favoritas do mês! Anotei algumas dicas aqui!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que bom que gostou <3
      É uma ideia que sempre vejo canais do youtube fazendo, ai pensei "por que não fazer no blog, né?"
      Beijão

      Excluir
  2. Olá! Adorei a ideia do post, super original! Louca para ver Pretty Little Liars!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, muito obrigada sua linda <3
      Assiste sim, depois me conta o que achou HAHA
      Beijos

      Excluir
  3. Olá!!

    Gostei da ideia do post, aproxima seus leitores de você e dos seus gostos. PLL temporada 6 foi tiro, porrada e bomba.

    Beijos e Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, também acho <3
      Foi um lacre atrás do outro haushua
      Beijos

      Excluir
  4. Gostei disto. Essa listinha de favoritos. Quem saiba eu não tente fazer uma. 💝😍🙊🙈

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nada do André Vianco, mas sempre que encontro alguém falando dele são só elogios. É bom vê um autor brasileiro indo longe nessa época *_*

    http://obaucultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, com certeza é e não deixe de ler algo dele <3
      Bjs

      Excluir
  6. adorei sua maneira de organizar as ideias a cada mês! Gostei bastante desse recorte sobre bullying que você fez nos livros e, de certa forma, tbm nas séries com PLL (aquela série que eu sempre abandono e acabo voltando a ver kkk). Estou acompanhando o blog e adorando! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, que bom que gostou <3
      Beijos

      Excluir